Comunique Erro

 
Nome:
E-mail:
Erro:
Fechar
Empresas amigas
Resultados de Exames

Consulta de resultados de exames

Área médica:
Resultados de Exames

Newsletter

Receba novidades da ACCG

Cotação On line

Faça sua cotação de forma rápida e prática em nosso sistema.

Fazer cotação
Licitações

Confira aqui as modalidades
que a ACCG oferece para licitações.

Hospital Ara�jo Jorge
Tamanho da Letra A- | A+

Quimioterapia

Destaque

O Setor de Quimioterapia do Hospital Araújo Jorge é responsável pelo tratamento quimioterápico dos pacientes do Sistema Único de Saúde e atualmente atende a demanda de cerca de dois mil e quatrocentos pacientes que passam por sessões de quimioterapia na unidade a cada mês.

Desde 2009 o Setor de Quimioterapia funciona no prédio Governador Marconi Perillo da ACCG. A mudança teve o objetivo de melhorar o atendimento ao paciente que está em tratamento quimioterápico, facilitando o acesso aos serviços. O novo local oferece ambiente agradável, com mais espaço, conforto e comodidade para o paciente.
 
Atualmente o Setor de Quimioterapia do Hospital Araújo Jorge atende aproximadamente 30.000 pacientes por ano (cerca de 36.000 doses por ano), oferecendo o que existe de mais avançado no tratamento quimioterápico. O trabalho é desempenhado por uma equipe multidisciplinar, especializada em oncologia, e mantêm um compromisso permanente com a qualidade e o atendimento humanizado.
 
O tratamento
 
A Quimioterapia é um tratamento que utiliza medicamentos para destruir as células doentes que formam um tumor. Dentro do corpo humano, cada medicamento age de uma maneira diferente. Por este motivo são utilizados, ao mesmo tempo, vários tipos de medicamentos quimioterápicos, com a finalidade de destruir o maior número de células cancerosas possível.
 
Estes medicamentos se misturam com o sangue e são levados a todas as partes do corpo, destruindo as células doentes que estão formando o tumor e impedindo também, que elas se espalhem pelo corpo produzindo em vários órgãos, como o fígado e o pulmão, outros tumores chamados implantes secundários ou metástases. O paciente poderá receber a quimioterapia como tratamento único ou aliado a outros. Exemplo: radioterapia ou como complemento a cirurgia chamado quimioterapia adjuvante.
 
Como é o tratamento?
 
O tratamento é administrado por enfermeiros especializados e técnicos de enfermagem, podendo ser feito das seguintes maneiras: - Via oral (pela boca): o paciente ingere o medicamento na forma de comprimidos, cápsulas e líquidos. - Intravenosa (pela veia): a medicação é aplicada diretamente na veia ou por meio de catéter (um tubo fino colocado na veia), na forma de injeções ou dentro do soro. - Intramuscular (pelo músculo): a medicação é aplicada por meio de injeções no músculo. - Subcutânea (pela pele): a medicação é aplicada por injeções, por baixo da pele. - Intracraneal (pela espinha dorsal): menos frequente, podendo ser aplicada pelo médico ou centro cirúrgico. - Tópico (líquido ou pomada): é aplicada na região afetada.
 
Telefones para informação: 62 3243-7236 / 3243-7133 / 3243-7159
Horário de atendimento: de segunda a sexta, das 7 às 17h, e nos finais de semana das 7 às 14h.
Endereço: Rua 237, nº 143, St. Universitário.
 
Fonte: Setor de Quimioterapia do Hosptital Araújo Jorge e Inca / www.inca.gov.br
Veja Também