Comunique Erro

 
Nome:
E-mail:
Erro:
Fechar
Empresas amigas
Resultados de Exames

Consulta de resultados de exames

Área médica:
Resultados de Exames

Newsletter

Receba novidades da ACCG

Cotação On line

Faça sua cotação de forma rápida e prática em nosso sistema.

Fazer cotação
Licitações

Confira aqui as modalidades
que a ACCG oferece para licitações.

Notícias
Tamanho da Letra A- | A+

Residentes médicos recebem treinamento do Tasy

Destaque

Depois de implantar o Sistema de Gestão Hospitalar Tasy em áreas como o Setor de Oncologia Pediátrica (SOP) e a Divisão de Transplante de Medula Óssea (DTM), a Associação de Combate ao Câncer em Goiás (ACCG) está ampliando o treinamento dos médicos residentes do Hospital de Câncer Araújo Jorge (HAJ). Na manhã desta segunda-feira (11), cerca de 20 profissionais, aprovados em diversas especialidades no Programa de Residência Médica do Instituto de Ensino e Pesquisa (IEP), participaram de uma palestra sobre como prescrever medicamentos utilizando o software.

 

Segundo o presidente da ACCG, Cláudio Francisco Cabral, o foco principal da mudança no sistema de gestão hospitalar da unidade de saúde é a segurança do paciente. “Estamos sofisticando a organização da instituição. Por meio do Tasy, poderemos, por exemplo, acompanhar de perto todas as etapas da estadia do paciente aqui, sabendo quando ele chegou, por onde passou, o que consumiu e por quem foi atendido”, explica, ressaltando que trata-se de um sistema integrado e que impacta diretamente em todo o planejamento do HAJ. “Todos os processos executados aqui serão registrados e processados, gerando indicadores que, analisados periodicamente, apontarão caminhos de melhoria.”

 

Durante a reunião com os residentes, que ocorreu no auditório do HAJ obedecendo todas as orientações de segurança e distanciamento social, os residentes puderam conhecer um pouco mais sobre como o Tasy vai agilizar a rotina e aperfeiçoar o funcionamento da instituição, refinando a coleta de informações e melhorando ainda mais o atendimento oferecido aos milhares de pacientes que lutam contra o câncer. De acordo com Cláudio Cabral, a implantação do software deve colocar o HAJ, que já é referência no tratamento oncológico no Centro-Oeste, em outro patamar. “Ele processa tanto dados clínicos quanto informações técnicas e científicas, conseguindo contribuir positivamente para projetos de pesquisa, por exemplo.”

 

Agilidade e transparência

Outro ponto importante é a agilidade que deve ser trazida pelo Tasy, visto que o sistema vai acabar com os registros em papel, aperfeiçoando a assistência oferecida aos pacientes. Além disso, o software gerencia atividades administrativas, financeiras e operacionais, o que possibilitará que o HAJ aprimore o controle de indicadores. Segundo a coordenadora de Tecnologia de Informação (TI) da ACCG, Priscila Maciel, a participação dos residentes no processo de implantação do Tasy é fundamental. “Como eles são jovens e têm maior intimidade com os aparatos tecnológicos, a ideia é que esses médicos façam uma espécie de ponte com os mais velhos, mostrando os benefícios da nova ferramenta."

 

Encabeçando a lista de vantagens apontadas por Priscila está a integração. “A prescrição de um medicamento, por exemplo, é compartilhada imediatamente com o Setor de Farmácia (SFM). A indicação de uma dieta específica, com o Setor de Nutrição de Produção (SNP). O resultado de um determinado exame, com o Laboratório. E por aí vai”, exemplifica. Não por acaso, o Tasy é um produto de gestão em saúde considerado de ponta no mercado.

 

Para a gerente administrativa da ACCG, Mariângela Dias Ribeiro, do ponto de vista do planejamento estratégico, a nova ferramenta vai agilizar, e facilitar, todos os processos do HAJ, desafogando a rotina hospitalar e abrindo espaço para projetos de melhoria. “Isto sem contar na confiabilidade dos dados, fator essencial na busca por creditações.

Veja Também