Comunique Erro

 
Nome:
E-mail:
Erro:
Fechar
Empresas amigas
Resultados de Exames

Consulta de resultados de exames

Área médica:
Resultados de Exames

Newsletter

Receba novidades da ACCG

Cotação On line

Faça sua cotação de forma rápida e prática em nosso sistema.

Fazer cotação
Licitações

Confira aqui as modalidades
que a ACCG oferece para licitações.

Notícias
Tamanho da Letra A- | A+

Diretoria da ACCG divulga resultados alcançados nos 60 dias de gestão

Destaque

A nova Diretoria da Associação de Combate ao Câncer em Goiás (ACCG) completou 60 dias de gestão no último dia 16 de abril e divulga as principais ações desenvolvidas e os resultados obtidos nesses primeiros dois meses de gestão.

 Atualmente a diretoria da ACCG é formada por: Alexandre João Meneghini – Presidente, Adriano Augusto Peclat de Paula – Secretário Geral, Paulo Moacir de Oliveira Campoli (Tesoureiro), além de Geraldo Silva Queiroz – Diretor Técnico do Hospital Araújo Jorge, unidade mantida pela ACCG. A nomeação do grupo aconteceu por determinação judicial, no dia 16 de fevereiro, e após denúncias investigadas pelo Ministério Público de Goiás.

Assim que assumiu a administração da ACCG, a nova diretoria priorizou a reestruturação financeira da Instituição e, principalmente, sanar o problema de falta de medicamentos quimioterápicos que vinha sendo constantemente enfrentado por pacientes do Hospital Araújo Jorge, unidade mantida pela ACCG.

O resultado mais significativo segundo a avaliação da atual Diretoria foi no que se refere à regularização do fornecimento de medicamentos quimioterápicos: no último mês TODOS os pacientes em tratamento na Instituição que tiveram indicação para tratamento quimioterápico receberam medicação. No início de fevereiro em média 640 pacientes deixavam de receber medicação, esse número foi reduzido em aproximadamente 75% no primeiro mês de gestão do grupo, e após dois meses, foi zerado.

Todo o dinheiro arrecadado com doações (pessoa física, cofrinho solidário e empresas) desde que a nova Diretoria assumiu a gestão da ACCG está sendo destinado para compra de medicamentos e quimioterápicos.  No período de 16/03 a 15/04 a Associação recebeu R$ 234.000,00 em doações, esse montante foi integralmente revertido para a compra de medicamentos quimioterápicos.

A administração da Instituição passa por uma completa reestruturação desde que os atuais gestores tomaram posse. Entre as ações dessa reestruturação estão: descentralização do processo decisório, cumprimento de normas e fluxos administrativos, medidas para redução de custos e revisão do seu quadro de pessoal, reestruturação do Setor de Quimioterapia, reativação da dose unitária do Setor de Farmácia do HAJ (o que gera economia significativa na dispensação de medicamentos a pacientes internados), reestruturação da captação de recursos, entre outras.

Os resultados dessa reorganização administrativa são muito positivos e refletiram no atendimento ao paciente da Instituição. Além da regularização no fornecimento de medicamentos quimioterápicos, mais procedimentos foram realizados: em março foram realizados 91.502 procedimentos na ACCG (entre consultas, internações, cirurgias, aplicações de doses de quimioterapia, radioterapia, entre outros), sendo que em janeiro deste ano haviam sido realizados 81.145 desses procedimentos. Veja quadro completo abaixo:

Descrição

01/2012

02/2012

03/2012

Número de leitos (normais + virtuais)

212

212

212

Número de internações (postos, UTI e emergência)

1.801

1.687

1.894

Número de consultas ambulatoriais (adulto e infantil)

12.526

12.420

14.334

Número de cirurgias (pequeno, médio e grande porte)

906

798

932

Número total de procedimentos (80% SUS)

81.145

76.876

91.502

*Número total de pacientes (77,2% SUS)

32.542

32.497

38.141

Fonte: Relatório de atendimentos – Setor de Custos e Estatística

* Paciente: pessoas atendidas nos diversos setores da ACCG.

 

O resultado financeiro da ACCG (diferença entre a receita faturada e despesa operacional da Instituição) obtido no mês de março, através do Sistema de Resultado Operacional (relatório gerencial), também foi bastante significativo: ultrapassou R$ 1 milhão. Nos meses de janeiro e fevereiro esse mesmo resultado foi negativo janeiro: R$ (163.928,92) e em fevereiro: R$ (169.902,39).

Os diretores da ACCG avaliam que o resultado financeiro no mês de março foi bom, mas esses números são apenas um sinal de que a diretriz adotada pela diretoria está adequada à necessidade da Instituição, que possui uma dívida acumulada de mais de 74 milhões. Além disso, o resultado operacional de mais de R$ 1 milhão se deve ao fato da suspensão dos contratos com as empresas “parcerizadas” (empresas constituídas por empregados da própria ACCG, para realizar o mesmo serviço já contratado como empregado por regime da CLT).

As próximas ações da Diretoria da ACCG envolvem a continuidade desse processo de recuperação financeira iniciado há aproximadamente 60 dias. Estão entre as ações planejadas: continuar a reestruturação administrativa incluindo uma revisão do organograma, busca de parcerias e novos doadores (um exemplo é que a Instituição ainda não conseguiu recuperar a confiança dos doadores da comunidade, o Setor que capta doações de pessoas físicas ainda sofre com uma queda de aproximadamente 35% na média mensal de doações), captação de apoio junto às três esferas do governo: municipal, estadual e federal, além da negociação das dívidas junto a fornecedores, médicos da Instituição e instituições bancárias.

Veja Também